Curso de Extensão em Negociações Internacionais

pictureCurso de Extensão em Negociações Internacionais

O curso destina-se a estudantes, acadêmicos de direito, economia, administração em comércio exterior, ciências sociais, relações internacionais, profissionais liberais em assessoria e consultoria internacional e áreas afins que buscam desenvolver atividades direcionadas aos negócios internacionais.

 

Objetivos

Introduzir e familiarizar os profissionais com o vocabulário e a dinâmica cotidiana das principais negociações internacionais nas quais o Brasil está envolvido. Assim como também capacitá-los para o desenvolvimento de pesquisa, assessoria e consultoria em negociações internacionais para pequenas, médias, grandes empresas, poder público municipal e organizações não-governamentais.

Programa

A) Preparação para as Negociações Internacionais
• Definir as negociações bilaterais e multilaterais;
• Compreender a diferença entre interesses e posições;
• Compreender o contexto em que são realizadas as negociações;
• Aprender a elaborar uma estratégia e equipe de negociação eficaz; e
• Aprender a construir relações, estabelecer a confiança e chegar a acordo sobre as regras do jogo com as outras partes antes de iniciar a negociação.

B) Técnicas Básicas e procedimentos para Negociadores
• Compreender os estilos básicos de negociação: duras, suaves e com base em princípios;
• Entender as estratégias tradicionais de negociação e as novas técnicas e táticas para maximizar os ganhos mútuos; e
• Aprender os princípios básicos para negociações eficazes.

C) Dinâmicas de Negociação
• Aprender a estabelecer o tom que conduz as negociações baseadas em princípios e desenvolver uma base comum entre as partes em negociação;
• Aprender como chegar a um acordo que possa ser implementado e que seja sustentável no decorrer do tempo;
• Aprender as estratégias para lidar com as complexidades das negociações multilaterais; e
• Compreender os benefícios e os desafios da mediação de uma terceira parte.

D) Estudos práticos de casos de Negociações e Contenciosos Internacionais
• O contencioso do açúcar no Mercosul: instituições, atores e formação de demandas. A gênese do Problema, a posição da Argentina, a posição do Brasil e demais atores;
• A questão das patentes de remédios na OMC: análise institucional, atores e interesses. A demanda brasileira e a resposta estadunidense. A busca de solução aceitável para ambos.
• As difíceis negociações na ALCA: a questão dos subsídios agrícolas e a abertura de serviços e compras governamentais.